Janela Indiscreta

Posted by OgMaciel on April 23rd, 2008 filed in Ubuntu

Quando iniciei o Planeta GNU/Linux Brasil no ano passado, eu queria criar um canal de notícias com os meus blogs favoritos como protagonistas. Já que moro nos Estados Unidos há mais de 17 anos e meu envolvimento com a comunidade de software livre tem sido via listas de discussão, reuniões por Skype ou IRC, e troca de e-mails, eu sentia uma curiosidade de saber um pouco mais sobre as pessoas que dividiam seu tempo comigo. Mas eu queria saber mais coisas além dos assuntos ligados à traduções ou qual distribuição a pessoa usava… Queria saber outras coisas… um pouco mais de “intimidade.” E assim nasceu este planeta, uma verdadeira salada de frutas com autores (ou astronautas como eu gosto de chamar) representando várias distribuições e 2 países (também temos amigos de Portugal), debulhando a cada dia assuntos variados e super interessantes.

Hoje em dia o planeta conta com mais de 70 astronautas escrevendo sem nenhum tipo de censura sobre o que escrevem. O critério para ter seu blog agregado é super simples: eu tenho de gostar dos artigos!

Para comemorar os 2 últimos blogs que adicionei hoje, decidi dar uma melhorada no sistema de rss e assim (espero) poder garantir uma experiência mais bacana para aqueles que o acompanham. Então nao se esqueçam de atualizar o link da fonte de notícias de RSS e qualquer dúvida ou sugestão, é só me procurar.

PS: Alguma alma caridosa quer dar uma garibada no CSS do site?


4 Responses to “Janela Indiscreta”

  1. sfair Says:

    Sem dúvida o planeta gnulinuxbrasil foi uma ótima iniciativa :)
    [ ]‘s

  2. Djavan Fagundes Says:

    Ann, então esse é o critério, rs
    Obrigado
    Abraço

  3. Legendario Says:

    Oxe, já que é assim tão democrático, dá uma olhadinha no meu blog e deixa um comentário… Não sei se mereço, mas gosto de blogar sobre o Ubuntu. http://www.linuxlegal.blogspot.com

    abraços

  4. Walter Cruz Says:

    Você gosta dos meus artigos então? ueba!

    (comentário miguxo, pedindo pra ser enviado pra /dev/null)

Leave a Comment

*